Publicidade

sexta-feira, 12 de maio de 2017

“Eu e o NGA temos muita coisa em comum e eu não sou uma Santa.” Flor de Raíz


Flor de Raíz, fez esta e outras revelações numa conversa exclusiva ao portal “Agora Aguenta” em que falou da sua vida profissional, sentimental e também religiosa.

A kudurista disse ter finalizado o seu mais recente trabalho o mês passado, cujo videoclipe da música “BAICOCO” será estreado quinta-feira no espaço Rebita na Ilha de Luanda.

“Dizem que deixei de cantar, nunca, enquanto eu viver jamais. Tenho que mostrar o meu trabalho pois através dele tornei-me numa mulher independente. E como parar de cantar se eu me sustento com a música?” afirmou.

Segundo a kudurista tais especulações poderiam estar relacionadas ao facto da mesma pertencer a uma denominação religiosa: 

“Pertenço a igreja Mundial do Poder de Deus, porque como qualquer ser humano mereço ter um porto seguro, mas não vou deixar de cantar para me dedicar somente a igreja, isso é tudo mentira. Sei que causo inveja a muita gente que queria ser como eu, por isso especulam coisas sobre mim.”

Questionada sobre uma suposta relação com NGA, líder do Força Suprema, Flor de Raíz não hesitou em responder:


“Ele é homem e eu sou mulher, nem que juntos fosse feito um filme, não importa nem interessa a ninguém porque nós somos adultos, e temos muita coisa em comum, o povo tem que parar de me ver como santa, não sou santa, sou uma mulher que respira e transpira assim como qualquer outra mulher.”

Mas há ou não há um envolvimento? – “O povo sabe é visível para todas as nações.”




No final, a cantora do sucesso “Tigra” deixou um recado: “Nesse momento a minha única obsessão é o meu trabalho, que é o kuduro. Quero deixar bem claro que eu sou o verdadeiro limite, e daqui onde eu estou não vejo ninguém que me faça frente, excepto a kudurista Noite e Dia, que respeito e em quem me inspiro.”

0 comentários:

Enviar um comentário

.

Copyright © 2017 Chelynews.com | Top Of The Songs Todos direitos reservados-Angola