728x90 AdSpace

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Kudurista Nacobeta deixa o mundo dos vivos nesta manhã de segunda-feira ''Irmão de Nacobeta revela detalhes sobre o falecimento do artista''

Vítima de doença, o kudurista Edson Guedes Fernandes, de nome artístico Nacobeta deixou o mundo dos vivos nas primeiras horas do dia de hoje no hospital Maria Pia, onde se encontrava internado.
A informação foi confirmada por funcionários da referida unidade hospitalar, familiares e por pessoas próximas ao malogrado, que, horas antes do infortúnio, apresentava um quadro aparentemente estável e saiu, inclusive ontem para ir a festa do DJ Mila Sopa, onde encontrou-se com o seu amigo também cantor, Zoca Zoca.
O artista havia sido submetido a duas intervenções cirúrgicas na garganta, em 2016, e desde então nunca mais voltou aos palcos.
Com uma carreira artística de mais de 10 anos, o cantor fez sucesso no mercado kudurista na companhia de Puto Português, com quem produziu e publicou vários temas, entre os quais “Wakimono”, “Bababa” e “Mata Cobra”. Deixa viúva e três filhos.
O Portal ChelyNews deixa aqui os seus sinceros sentimentos de pesar para os amigos, a família enlutada e para toda a classe artística.

Irmão de Nacobeta revela detalhes sobre o falecimento do artista

Bula, irmão mais velho de Edson Guedes Fernandes (Nacobeta), revelou, em declarações à em Simultâneo  a Platina Line e a Rádio Escola, detalhes sobre a tragédia que chocou o país neste início da semana e deixou ficar o sentimento de pesar descrevendo os últimos momentos vividos com o seu irmão  como sendo “a despedida”.
 “Agora eu acredito em despedidas! Ainda ontem estávamos juntos! Ele foi à igreja na Cidadela com uma das medicas e depois voltou para casa e almoçamos em família, porque era o aniversário de um dos nossos irmãos. Ficámos até mais tarde num ambiente com amigos e ele decidiu passar a noite em casa, porque, no dia seguinte, iria ao hospital para fazer a medicação. De manhã, quando foi fazer cópia do bilhete para tratar os documentos da viagem a Lisboa para uma terceira cirurgia, começou a sentir-se mal e foi levado ao banco de urgência, onde, de seguida, perdeu a vida,” contou Bula.
O gabinete da ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, não ficou indiferente diante do ocorrido e deixou ficar uma mensagem de condolências direccionada à família deste músico, que foi notabilizado no mundo artístico no princípio dos anos 2000 como kudurista e faz parte de uma lista de artistas da nova geração, principalmente da nova tendência, o Kuduro, estilo angolano para o qual contribuiu significativamente para o seu “bum” registado naquela época.
O artista havia sido submetido a duas intervenções cirúrgicas na garganta, em 2016, e desde então nunca mais voltou aos palcos.
Com uma carreira artística de mais de 10 anos, o cantor fez sucesso no mercado kudurista na companhia de Puto Português, com quem produziu e publicou vários temas, entre os quais “Wakimono”, “Bababa” e “Mata Cobra”. Deixa viúva e três filhos.

0 comentários:

Enviar um comentário

.

Copyright © 2012 Chelynews.com | Top Of The Songs Todos direitos reservados-Angola