quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

BNA revela existência de USD 30 mil milhões do país no exterior

 BNA
Pelo menos 30 mil milhões de dólares norte-americanos pertencentes a Angola estão depositados no exterior em bancos comerciais correspondentes, revelou nesta quarta-feira, em Luanda, o governador do Banco Nacional de Angola (BNA), José de Lima Massano.
De acordo com a Angop, metade deste dinheiro (15 mil milhões de dólares), explicou, são depósitos de bancos comerciais e instituições financeiras angolanas junto dos seus correspondentes no exterior, com base em dados da balança de pagamento compilados pelo Banco Internacional de Settlements (BIS).
Outra metade, segundo o governador, que falava à margem do encerramento do seminário sobre o combate à corrupção, nepotismo e branqueamento de capitais, promovido pelo MPLA, corresponde aos depósitos de entidades não financeiras, como o Tesouro Nacional, Fundo Soberano de Angola, empresas públicas e particulares.
Perante este cenário, referiu, o BNA vai redobrar a vigilância e aplicar de forma eficaz a legislação que evita a fuga e branqueamento de capitais para o estrangeiro.
No acto de encerramento do seminário, o Vice-presidente do MPLA e Presidente da República, João Lourenço, pediu aos angolanos com fortunas no exterior a repatriarem este capital a partir do início do próximo ano, a fim de investirem no país, sob pena de verem o dinheiro confiscado para o Estado angolano.

0 COMENTÁRIOS:

Enviar um comentário

.

Copyright © Todos Direitos Reservados 2016 - 2018
Site desenvolvido por: António Félix