terça-feira, 9 de outubro de 2018

“Na internet tive muitos votos, não se falou, não sei porquê?”, questiona Lil Saint


As águas em torno do Top dos Mais Queridos 2018 continuam a correr. Lil Saint revelou em declarações ao AngoRussia que sabia que liderou as votações para o prémio de artista “Mais Querido de Angola” no Facebook e no site da organização do Top dos Queridos, tendo ficado surpreso com a “não contagem” dos mesmos.

Como qualquer participante a um prémio, é natural criar expectativas em torno da conquista, quando se sabe o número de votações é maior ainda a imaginação de ter o galardão na mão. Apesar de esperar um outro resultado, Lil Saint, em conversa com o AngoRussia, mergulhou na indagação, reconhecendo o mérito dos dez mais queridos.

“Na internet tive muitos votos, no Facebook e no site, não se falou destes votos, então fiquei naquela… não se falou porquê?”, questionou, deixando claro desconhecer o número de votos noutras vias. “A contagem não foi como nós pensamos que seria, mas duma forma diferente porque havia cupões, mensagens e chamadas. Podia estar em frente na internet, mas, noutras vias não”, reconheceu o artista.
Desconcentrado na premiação, Lil Saint considera os dez finalistas todos vencedores, deu mérito a Kyaku Kyadaff pela conquista, reconhecendo que “Mónica” é uma das músicas que mais se ouve, bem como “Minha bebada” de Gerilson Israel.

0 COMENTÁRIOS:

Enviar um comentário

.

Copyright © Todos Direitos Reservados 2016 - 2018
Site desenvolvido por: António Félix