domingo, 28 de outubro de 2018

“Obrigava-me a pôr a língua….depois tive problemas, falta de ereção…” diz Matias Damásio


A entrevista de Matias Damásio para o programa da SIC, ‘Alta Definição’, comandado por Daniel Oliveira continua a fazer a ‘rolar muita tinta pelo tapete’. Depois do trecho em o músico fala sobre a doença do seu filho Matias, de 11 anos, bem como sobre o abuso sexual que sofreu na infância.

Durante a entrevista única, Matias Damásio que hoje tem 36 anos, contou detalhes sobre a violação que sofreu, quando tinha apenas 12 anos, por uma amiga de sua mãe, uma mulher que na altura tinha mais de 40 anos.
“De volta e meia ela falava comigo e aquilo acontecia. Era muito próxima da minha mãe. Nunca disse à minha mãe. Foram várias e várias noites. A primeira vez aceitei por comida, depois aceitei por chantagem”, revelou o artista.
“Obrigava-me a pôr a língua, a introduzir [o pénis], a sentar… Não esqueci, mas ultrapassei”, acrescentou. O cantor admite que só se apercebeu que se tratava de abuso sexual “muito mais tarde”, na altura em que se apaixonou e sentiu os reflexos do trauma. “Tive problemas, falta de ereção…”, contou.
O cantor falou ainda sobre a sua turbulenta relação com o seu pai, revelando que o odiou até quando completou pouco mais de 20 anos.
“Odiei o meu pai até aos 20 e tal anos. Culpava o meu pai por sermos pobres. Olhava-o como um homem fracassado. Sofri bullying na escola pelas condições em que vivia”.
Mas a vida “deu voltas” e foi quando teve o primeiro filho que ‘viajou’ até à infância para compreender o progenitor. A vida de cantor obriga-o a estar longe dos três filhos, uma realidade que o aproximou ainda mais do pai: “Por mais dinheiro que tenha, por mais concertos, nunca serei como o meu pai. Comecei a perceber o valor que o meu pai tem na minha vida”.

0 COMENTÁRIOS:

Enviar um comentário

.

Copyright © Todos Direitos Reservados 2016 - 2018
Site desenvolvido por: António Félix