728x90 AdSpace

Baixe Agora: Dji Tafinha & Kid Mc - Confronto De Titãs (Álbum) Baixe Agora: Young Double Feat. Landrick - Roer O Osso Baixe Agora: Cef - Divorcio

POSTAGENS RECENTES

RECEBE AS NOSSAS NOVIDADES POR E-MAIL

domingo, 23 de abril de 2017
Mauro Pirano Novo Talento Que Trabalha Para Encantar Angola e o Mundo

Mauro Pirano Novo Talento Que Trabalha Para Encantar Angola e o Mundo



Mauro Pirano é um músico Angolano do estilo 'Afro House' com uma ligeirissima inclinação ao Rap, Mauro Rui Januário Abreu, data de nascimento ( Luanda, 18 de Janeiro de 1996), Conhecido artisticamente como (Mauro Pirano).

Não fazendo parte de alguma produtora até ao momento, o jovem artista têm como referência o grupo Força Suprema e Agre G. O incentivo e a paixão pela música fizeram com que o novo talentoso seguisse adiante o sonho de um dia se tornar músico conceituado no mercado da música nacional e internacional.

“O que mim incentivou a cantar é a paixão que tenho pela música. Sinto-me bem quando mergulho no mundo da música e, graças a Deus, sempre tive o apoio da minha família. Quero cantar e encantar Angola e o mundo para um dia ser reconhecidos.

Contactos para show e apoio: +244924679650, Gmail: mauropirano18@gmail.­com

Membros dos Zona 5 apostarão em projectos a solo

Membros dos Zona 5 apostarão em projectos a solo


Depois do lançamento do álbum “Libertuz”, o quarto do grupo, os integrantes dos Zona 5 estarão mais livres para abraçarem projectos a solo, sem, entretanto, atrapalharem a agenda do grupo, revelou ABD ao canal de Youtube Groov TV. Os Zona 5 foram convidados da segunda edição do programa Groov News e na ocasião revelaram que o “mercado musical está muito dinâmico e que já se deram conta disto”, por isso vão adoptar outra postura depois de “Libertuz”.
“A partir de agora é bom que as pessoas se habituem a ver os Zona 5 a fazerem cenas a solo, mas não deixaremos de ser um grupo. Por exemplo o Fabious está envolvido num projecto que é o “Maianga no Mapa”. O Obie já tem duas mixtapes prontas e o GM já está a gravar. Para o quinto álbum já estamos a pensar em ter músicas a solo de cada um dos integrantes para termos uma coisa diferente do que já apresentamos até agora”, revelou ABD. “Depois deste álbum nós teremos de nos reinventar na medida das nossas possibilidades para prender a atenção do público que já temos e cativar público novo”, concluiu.
O grupo foi fundado em 2005 e é integrado por Abd, Bruno Ag, Fabious, G.M. e Obie. Teve o primeiro álbum, intitulado “Caixa dos Sonhos”,  lançado em 2007.

sábado, 22 de abril de 2017
Professores angolanos vão entrar de novo em greve "A Greve Vai de 25 de Abril ate ao dia 5 de Maio"

Professores angolanos vão entrar de novo em greve "A Greve Vai de 25 de Abril ate ao dia 5 de Maio"


Os professores angolanos decidiram hoje avançar para uma nova greve no ensino geral, a partir de terça-feira, alegando falta de consenso com o Governo sobre as reivindicações e considerando "negativa" a proposta recebida.
A nova greve, a segunda em menos de um mês, vai decorrer entre 25 de abril e 05 de maio, conforme decisão tomada hoje e comunicada no final da reunião do Sindicato Nacional dos Professores Angolanos (Sinprof) com os secretários provinciais sindicais.
"No âmbito da greve dos dias 05, 06 e 07 de abril, a segunda fase [da greve] vai das 07:00 do dia 25 de abril até o dia 05 de maio de 2017, cuja paralisação abrange os estabelecimentos públicos e comparticipados do subsistema de ensino não universitário em todo território nacional, como forma de pressão pela tomada de medidas conducentes à resolução dos problemas em causa", lê-se no comunicado final da reunião, enviado à Agência Lusa.
No comunicado, o Sinprof acrescenta ainda que, na segunda-feira, seguirá para o Ministério da Educação "expediente sobre a segunda fase da greve".
O Sinprof diz aguardar desde 2013 por respostas do Governo e das direções provinciais de Educação ao caderno reivindicativo, nomeadamente sobre o aumento do salário, a promoção de categoria e a redução da carga horária, mas "nem sequer 10% das reclamações foram atendidas".
Na primeira fase desta greve convocada pelo Sinprof, entre 05 e 07 de abril, dezenas de escolas em Luanda fecharam portas por falta de professores, cenário que se repetiu em várias províncias, por entre denúncias dos docentes de "retaliações e intimidações".
De acordo com o presidente do Sinprof, Guilherme Silva, o sindicato teve um encontro no dia 18 de abril com a comissão negocial do Ministério da Educação de Angola, cujos resultados não foram animadores para a classe docente.
"Avaliar como negativa, por ineficácia, a proposta para negociação da entidade patronal quanto aos conhecidos pontos reivindicados: atualização de categorias, reajuste salarial, subsídios em falta, passagem à efetividade e condições de trabalho", acrescenta o Sinprof.
Na nota é ainda referido que aquele sindicato "continua aberto ao diálogo antes, durante e depois desta paralisação" e que persiste a desmotivação no seio dos professores, "com o acesso fechado à justa implementação dos subsídios".
"Mantida a interrupção do processo de atualização de categorias, com mais de oito anos sem haver promoções, estes factos têm penalizado a classe e pesam negativamente na motivação dos professores nas salas de aulas", acusa o sindicato.
O ano letivo de 2017 em Angola arrancou oficialmente a 01 de fevereiro, com quase 10 milhões de alunos nos vários níveis de ensino, decorrendo as aulas até 15 de dezembro.
Denúncias de retaliações e ameaças aos professores no interior do país em consequência da primeira paralisação das aulas foram uma vez mais apresentadas pelo presidente do Sindicato dos Professores Angolanos.
"Um pouco por todo país estamos a sofrer retaliações tendo em conta a greve que tivemos nos dias 05, 06 e 07 de abril. Inúmeros professores que não estão a lecionar na Luanda Sul por ameaças de desativação de nomes nas fichas do Estado", acusou Guilherme Silva.

Vui Vui estava protegido quando gravou videoclipe no terreno da Força Suprema

Vui Vui estava protegido quando gravou videoclipe no terreno da Força Suprema

O rapper angolano Vui Vui gravou o seu videoclipe na linha de Cintra, território do grupo musical Força Suprema, graças a um grupo com bastante influência naquela zona de Portugal.
Foto de Bantumen
Segundo informações das nossas fontes, Vui Vui sentia-se inseguro depois da ameaça que teria sofrido do grupo Força Suprema, e pretendia desistir da ideia de gravar o videoclipe no território da Força Suprema, Linha de Cintra. 
A ideia do cantor reacendeu depois de um amigo de nacionalidade portuguesa, por sinal também rapper respeitado em Cintra, mostrar-se disponível em ajudar Vui Vui, oferecendo-lhe segurança, depois de ouvir as ameaças que o músico angolano teria sofrido.
Assim sendo, Vui Vui conseguiu gravar o videoclipe em segurança, sob vigilância do grupo respeitado em Cintra.
As nossas fontes confirmaram a ameaça que Vui Vui terá sofrido, e revelaram que um dos membros do grupo Força Suprema terá ligado ao músico Laton, para que Vui Vui fosse ao encontro deles (da Força Suprema). Tal encontro não foi possível, devido a desconfiança de Vui Vui, já que quando a Força Suprema esteve em Angola ‘’nunca tencionou conversar com ele.’’
O beef entre o grupo Força Suprema, composto por angolanos residentes em Portugal, e o Projecto X, grupo de Vui Vui, começou depois do lançamento do álbum ‘’A União fez a Força’’, da Força Suprema, onde mandaram indirectas (beef) para vários músicos angolanos, particularmente do estilo rap, o que provocou indignação a muitos que resolveram responder os beefs da Força Suprema.

Dji Tafinha diz que a Força Suprema "não está a tirar do seu prato"

Dji Tafinha diz que a Força Suprema "não está a tirar do seu prato"


O rapper angolano Dji Tafinha foi um dos convidados desta semana da Rádio Luanda no programa Viva a Noite de  Afonso Quintas.
Questionado por um ouvinte sobre os beefs da Força Suprema, endereçados aos músicos angolanos, dizendo “estamos a dar na cara… estamos a tirar dos pratos dos manos rap…’’.
Segundo Angola-Online.Net Dji Tafinha, disse “quando dizem que estão dar na cara, eu entro na minha dispensa, vejo se está faltar pão, e da última vez deixei três, quando voltei encontrei dez, quando dizem que estão a tirar do prato não estão a tirar do meu prato.’’.
Ao longo da sua explanação no programa que teve como convidados, Kid MC e membros do Projecto X, Tafinha evidenciou que não tem beefs com a Força Suprema.

Dji Tafinha  pôs fim a guerra com Kid MC

8 anos depois de relatórios e velórios,  os rappers Kid Mc e Tafinha, encontram-se num álbum inédito intitulado ” Confronto de Titãs”.
Os rappers Dji Tafinha e Kid Mc realizaram recentemente uma Conferência de Imprensa onde deram detalhes de como será essa união conhecida como “Confronto de Titãs”.
Com o objectivo primordial de colocar um fim no ” beef” que existiu entre ambos, e entre os fãs também, Dji Tafinha teve então a brilhante ideia de sugerir ao Kid que trabalhassem juntos num Álbum.
Tafinha disponibilizou recentemente no Youtube para todos os seus fãs, o vídeo clip da faixa que se intitula “Não adianta“.

Puto Prata Ft. Piploy Pipas, Dj Habias & Veneno - Waatão (Versão Dj) (Afro House) [Download]

Puto Prata Ft. Piploy Pipas, Dj Habias & Veneno - Waatão (Versão Dj) (Afro House) [Download]

Artista: Puto Prata Ft. Piploy Pipas, Dj Habias & Veneno
Titulo: Waatão  (Versão Para Dj's)
Género: Afro House 
Ano de Lançamento: 2017
Tamanho: 4 MB  
http://www.mediafire.com/file/g0r22gfd7jh6vp2/Puto_Prata_Ft._Piploy_Pipas%2C_Dj_Habias_%26_Veneno_-_Waat%C3%A3o_%28Vers%C3%A3o_Dj%29_%28Afro_House%29_%5Bwww.chelynews.com%5D.mp3

sexta-feira, 21 de abril de 2017
Heavy C regressa aos palcos com o lançamento de dois álbuns: “Vibe” e “Black”

Heavy C regressa aos palcos com o lançamento de dois álbuns: “Vibe” e “Black”


Depois de ter anunciado o fim da sua carreira musical ainda este ano, o cantor Heavy C, em entrevista exclusiva ao Platina Line, disse que depois de muitas negociações com o grupo Angolaup, representado por Khaled, Asmoni e Roberto Cunha, regressou oficialmente aos palcos no passado dia 19 de Abril do ano em curso.

O cantor salientou que um dos motivos que o levou a voltar aos palcos, além da negociação, é o amor pela música, pelos seus filhos e pelos fãs. Nessa nova fase, o grupo Angolaup rescreve a carreira do cantor com o lançamento de dois álbuns intitulados “Vibe” e “Black”, trabalhos que contam com a participação de artistas angolanos e que serão lançados numa parceria entre a LS Republicano, LS Produções, Angolaup e Reserve Bank.

Heavy C anunciará em breve o lançamento oficial dos álbuns na Praça da Independência e em todo o território angolano para acabar com a tristeza de todos os seus fãs e admiradores.

no image

Músico Francis Boy atira-se à plateia, e é assaltado pelos fãs

IMG_4129

O inusitado ocorreu durante o evento “Cacuaco com garra”.

Durante a actuação, da recente dupla de afro-house “Me & My Bro”, formada pelos cantores Francis Boy e Melodia (DeTroia). Como é habitual, Francis atira-se ao público para sentir a euforia e a vibração dos fãs, eis então que acontece uma surpresa: O cantor acabou por ficar sem os seus sapatos, sem o seu fio de ouro e até mesmo sem o lenço que levava amarrado à cabeça.

“É normal atirar-me para a plateia, não é a primeira que faço isto nos meus shows, mas, devo confessar, fiquei mesmo pasmado quando vi que não tinha sapatos nem fio de ouro. Mas independentemente do que aconteceu, o meu público me ama e eu amo o meu público.”, contou o músico da dupla “Me & My Bro”, ao portal SAPO Angola.

Neide Sofia e namorado fazem sessão de foto em Moçambique

Neide Sofia e namorado fazem sessão de foto em Moçambique

Neide Sofia e o Guyzeih Ramos, conhecidos como casal “Neizelh” pelos seus seguidores, partilharam nessa tarde (20),  algumas fotos de uma sessão ‘escaldantes’, em Maputo.


Neide Sofia tem vivido na ponte area entre Luanda e Maputo por causa da sua nova relação com o moçambicano Guyzelh Ramos. Na tarde desta quinta-feira o casal ‘Neizelh’, o casal posou para uma sessão fotografica com looks de praia, aos beijos em clima de muita cumplicidade.

“Meu Panco e Minha Cena”, é assim que a cantora e dançarina angolana Neide Sofia e o realizador de eventos moçambicano Guyzelh Ramos, tratam-se carinhosamente nas redes sociais.

quinta-feira, 20 de abril de 2017
no image

C4 Pedro diz que na crise as pessoas devem mostrar o que valem

C4 Pedro diz que a música angolana está sofrer uma transformação sem precedentes
O renomado músico angolano C4 Pedro, fez o usou a sua conta oficial do Instagram nesta quinta-feira (20), para falar acerca da crise económica que o país vive.

“A INDÚSTRIA MÚSICAL ANGOLANA ESTÁ A SOFRER UMA TRANSFORMAÇÃO SEM PRECEDENTES.”
“A CRISE VEIO DAR AOS TALENTOSOS AS MESMAS PERCENTAGENS DE CHANCE QUE OS QUE VENCIAM GRAÇAS AS FAMOSAS CONNEXIONS.”
“NO MEU VER, SEJA LÁ QUAL FOR A TUA ÁREA, ESTE É SEM SOMBRA DE DÚVIDAS, O MOMENTO DE MOSTRARES O QUE VALES”

Sobre C4 Pedro

O artista tem internacionalizado a sua carreira a solo com sucesso comprovado, assumindo incontornável destaque por toda a Europa.
o músico e produtor tem participado em eventos e festivais como o Meo Sudoeste (Lisboa), África Dançar (Milão), entre muitos outros, o que lhe permitiu granjear prémios e distinções além-fronteiras, tais como:
  • Cantor do Ano e Kizomba do Ano no Concurso Palop Music Stars 2015”;
  • Afrimma Best Male Central Africa;
  • MTV Base Best Lusophone, entre outros.
A versatilidade e polivalência de C4 Pedro proporcionou a sua participação recente na telenovela portuguesa “A Única Mulher” e a dar voz a dois dos personagens do filme de animação “HotelL Transylvania 2”
O cantor faz parte do elenco da versão em português, juntamente com os actores Rita Pereira e João Manzarra, que dão vida a outros personagens do filme.
C4 Pedro bem recentemente apelou recentemente a sociedade a deixarem de dar nome de pessoas aos animais.

Álbum “Gratitude” de Djeff Afrozila está previsto para o lançamento em Julho

Álbum “Gratitude” de Djeff Afrozila está previsto para o lançamento em Julho


Após o lançamento do álbumMalembe Malembe, seguido de Ascensão do Soldado, o DJ Djeff Afrozila prepara o lançamento da sua próxima obra discográfica intitulada “Gratitude”, trabalho que estará disponível no princípio de Julho deste ano e do qual farão parte os sucessos Reborn, So BlessedAwakening, essa última é a faixa que ocupa a quinta posição do top Traxsource.

“Gratitude” é o título do álbum porque é o estado em que me encontro neste momento enquanto artista. Sinto-me grato por tudo o que aconteceu até ao momento e para dar o próximo passo, precisava agradecer desta forma para as coisas fazerem mais sentido,” respondeu Djeff quando questionado sobre o porquê deste título ao álbum.

O CD conta também com a produção do grupo Homeboyz e com as participações de Helen Ting, na faixa Awakening, Tumelo, na faixa Keep on smiling, Dino de Santiego, no tema Alegria, Miranda Nicole, na faixa Alright, Ron Carroll, no tema Love vibration, entre outros artistas.

Copyright © 2012 Chelynews.com | Top Of The Songs Todos direitos reservados-Angola